Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
Home  (08-11-2018)
Sermões  (20-03-2018)
Cursos  (19-03-2018)
Vivendo no Sobrenatural  (08-03-2018)
Graça de Deus  (08-03-2018)
O manifestar da Igreja  (08-03-2018)
Guardando o coração  (08-03-2018)
Jesus, o Incomparável  (08-03-2018)

Rating: 2.8/5 (4441 votos)




Partilhe esta Página


 

 


 
 

 


 

 


 


Flag Counter
 


 


Sermões
Sermões

 

  .

O descer e o permanecer na cruz

Texto: E dizendo: Tu que destróis o templo e em  três dias o reedificas, salva-te a ti mesmo! Se és filho de Deus, desce da cruz! Mt 27:40 

I – INTRODUÇÃO

      Deus manifestou seu grande amor enviando seu único filho para morrer por nós.

       Diz a  palavra que Deus na plenitude dos tempos enviou seu  Filho, e Jesus veio a este mundo para  desfazer as obras do Diabo, ele só vem para matar, roubar e destruir.

Todo o ministério de Jesus apontava para cruz, não tem como eu falar de Jesus sem falar da cruz, Jesus andou pela terra manifestando o poder de Deus, multidões o seguiam pois os enfermos eram curados, cativos eram libertos, nisso nós vemos o poder absoluto manifesto na pessoa de Jesus.

     Tudo isso tinha um objetivo, um caminho, a Cruz.

     A cruz é a maior prova  do amor de Deus para com o homem , é o ponto central de toda a humanidade, tudo gira em torno da cruz, diz a palavra que ela é um escândalo e loucura.

      No verso 40, vemos que a multidão queria desviar Jesus do propósito de Deus.Eles queriam que Jesus descesse, se ele tivesse descido, para lá nós teríamos ido.

    Se Jesus quisesse, ele teria descido e acabado com todos, mas para que?

   Neste ponto Jesus estava no fim de seu ministério, estava preste a concluir o que o Pai havia preparado para salvar a humanidade e neste ponto vemos Satanás querendo desvia-lo.

Jesus estava crucificado, o Apostolo Paulo declara em Gálatas 2:19 “....Estou crucificado com Cristo.”

Paulo declarou que estava crucificado e eu creio que da mesma maneira que satanás quis que Jesus descesse da cruz, Satanás sempre quis que Paulo descesse da cruz.

Satanás sabedor de que nós também podemos estar crucificados com Cristo ele fará de tudo para nos tirar da cruz.

I-   Ir para a cruz e permanecer nela é:

  Estar na perfeita vontade de Deus.

       Jesus estava na perfeita vontade de Deus, o próprio Jesus declarou que a sua comida consistia em fazer a vontade daquele que o tinha enviado, ou seja, fazer a vontade de Deus.

      À vontade de Jesus não interferiu na do Pai, certa vez ele orou já no final de seu ministério no jardim de Getsemani, que se fosse possível que passasse dele o cálice, ou seja, que ele não fosse crucificado, mas que não fizesse a sua vontade, mas a do Pai.

     A minha vontade não mais interfere na de Deus, muitas vezes nós colocamos a nossa vontade primeira e isso nos traz prejuízo.

Se quiser ir para a cruz tenho que me submeter na vontade de Deus, não andar na vontade permissiva, mas na perfeita.

      *Ir para a cruz significa renuncia

    A palavra renuncia significa: recusar, não querer, desistir de;

    A palavra renuncia é muito forte não é fácil renunciar e muitas vezes Deus nos pede para fazermos isso.

    A minha vida cristã se eu quero que seja produtiva ela requer renuncia, o que Jesus disse para aquele jovem rico? Vende tudo  da aos pobres e depois me siga, isso é renuncia.

     O apóstolo Paulo pra estar na cruz teve que fazer muitas renuncias.

   E nós?

  a-) Eu tenho que recusar as propostas do mundo

       Hoje nos nossos dias recusar é muito difícil, muitas são as propostas de Satanás.

       Muitas vezes recebemos propostas de um emprego que pensamos ser de Deus, mas não é, recebemos propostas de amigos, pessoas que estão a nossa volta e muitas vezes são propostas para nos tirar da vontade de Deus.

       Tenho que ter um discernimento dessas propostas, pedir uma orientação de Deus sobre o assunto.

       Moisés foi um homem que diz a palavra que recusou ser chamado filho da filha do Faraó ou seja  ele recusou uma grande proposta do mundo (Egito), ele teve que renunciar.

b-) Eu tenho que recusar os desejos da carne.

      A Bíblia fala que o espírito milita contra a carne, ou seja, a uma guerra entre ambos, o espírito quer orar, jejuar, buscar a Deus, se consagrar, mas a carne quer dormir, comer, sair se divertir e por isso é travada essa luta.

     Tenho que controlar meus desejos, que são muitos creio, que Eva comeu do fruto proibido, pois ela já tinha um desejo de comer, pois era agradável aos seus olhos.

     Caim matou Abel porque ele já tinha um desejo de matar e ele não controlou Gn 4:7.

     Tudo nasce de um desejo que não foi controlado, Satanás sabe em qual desejo somos fracos e é nesse que ele vai investir.

   Para ir para a cruz eu tenho que recusar todos esses desejos da carne Gl 5:19-21.

 c-) É eu desistir de algo que não esta na vontade de Deus.

     Eu tenho que entender que as vezes eu peço algo que não esta na vontade de Deus, mas muitas vezes eu insisto nesse pedido e fico orando, orando e orando sem entender que não esta na vontade de Deus

   Tenho que saber a hora de parar

d-) Não querer, e isso (é uma decisão minha),de não querer se contaminar.

   Daniel foi um homem que decidiu firmemente não  se contaminar com as comidas do rei que provavelmente era oferecida aos demônios, então nós vemos que foi uma decisão pessoal de Daniel.

Nós temos que ter uma decisão de não se contaminar com as coisas desse mundo para não descermos da cruz quando lá estivermos.

    • Ir para cruz é deixar o Espírito me guiar, levar.

 

    Muitas vezes passamos por situações que não entendemos, passamos por lutas, problemas.O Espírito muitas vezes vai nos conduzir a passarmos por essas situações.

   São situações que não entendemos mas que nos levam a crescer, depender de Deus.

   A Bíblia mostra exemplos na qual o Espírito levou pessoas a passar por situações.

a-) O Espírito levou Jesus ao deserto mt4:1-11

     Jesus foi conduzido, levado pelo Espírito ao deserto para ser tentado, lá ele passou por varias situações.Muitas vezes nos encontramos em situações na qual se parece com um deserto. Eu olho ao redor e tudo está seco,  não há sinal de vida .

Mas deserto não é lugar de derrota, foi no deserto que Israel obteve suas maiores vitórias, foi no deserto que o maná caiu e alimentou todo o povo, foi no deserto que a água brotou da rocha e saciou a sede do povo, foi no deserto que uma coluna de fogo guiava o povo a noite e uma nuvem durante o dia, deserto é lugar de milagres, onde aprendemos a depender de Deus, a confiar, ou ele faz ou faz!

Se o Espírito tem conduzido você para o deserto, permaneça firme, pois é no deserto que confiamos em Deus.

b-) O Espírito levou Ezequiel ao vale de ossos secos Ez 37:1

A palavra declara que Ezequiel foi conduzido pelo Espírito há um vale cheio de ossos e estes estavam sequíssimo, Ezequiel viu um quadro horrível onde ou seu redor só havia morte, devastação e o povo dizia que não havia mais esperança.

Nós passamos por situações parecidas em que muitas vezes nossas vidas estão secas.

A sequidão é muitas vezes espiritual, emocional onde pensamos que não existe mais esperança.

Muitas vezes o Espírito nos mostra um quadro parecido para ver qual é a nossa reação.

Qual foi a reação de Ezequiel? Deus o fez uma pergunta, e ele respondeu sabiamente, ele disse Senhor Deus tu o sabes. Ezequiel entendeu que era somente pelo poder de Deus que aquela situação poderia ser mudada.

Talvez você esteja passando pela mesma situação, onde ao redor esteja tudo seco, morto e sem esperança, mas de todas situações que passamos temos que tirar uma lição, Deus quer que reconheçamos seu poder. 

c-) O Espírito impediu Paulo e Silas de pregarem o evangelho na Ásia, tendo eles ido para outro lugar onde foram presos, açoitados, mas como sempre tem um propósito lá houve salvação e arrependimento.

Muitas vezes o sofrer por Cristo é conduzido pelo Espírito em diversas situações onde todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus e que são chamados segundo o seu propósito.Paulo não entendeu o porque que foram impedidos mas tudo tem um propósito.

O Espírito quer te conduzir para a Cruz  e se você está na Cruz, permaneça nela, poruqe na cruz eu obtenho vitória, dependência onde as minhas paixões estão crucificadas.

II-Mas o que me faz descer da cruz?

Vemos que no verso 40, as pessoas queriam que Jesus descesse da cruz e hoje é a mesma coisa, Satanás quer de qualquer forma nos fazer descer da cruz, e muitas vezes não conseguimos permanecer e descemos e quando descemos muitas coisas nos acontece e muitos são os motivos que nos fazem descer da cruz:

  • O orgulho

A pessoa orgulhosa, que não é humilde que tem um auto-conceito, acha que é melhor do que as outras pessoas essa nem chega  a subir na cruz mas o que pode acontecer é que se ela estiver lá e quando vierem as situações adversas, Satanás vai usar o orgulho para quer me derrubar.

  • Preocupado com a reputação

O que vão pensar de mim se eu fizer isso ou aquilo.

Muitos hoje não entram a fundo na presença de Deus por causa da reputação.

A reputação me leva a ter vergonha até mesmo do evangelho.

    • Complexos

 

Pessoas complexadas tem um grande problema para ir para a cruz, pois o complexo não deixa.

Pessoas com uma auto-estima baixa, rejeição, inferioridade, auto-piedade e muitas outras coisas tudo impede a pessoa de ir para a cruz

    • Pecados não confessados

 

Pecados que cometemos e não confessamos nos impede de ir para a cruz ou quando estamos na cruz e cometemos  pecados e não confessamos isso faz com que eu desça  da cruz.

  • Dar ouvidos a Satanás

Quando damos ouvido ao que o diabo nos fala temos uma grande probabilidade de descermos da cruz, vozes que soa aos nossos ouvidos dizendo que somos um fracassado, que não vai dar certo, que não tem mais jeito, que sou assim mesmo, tudo isso é para que eu não vá para a cruz, pois muitas vezes essas vozes nos causarão incredulidade, duvidas.

Tenho que dar ouvido ao que a palavra diz.

Muitas pessoas hoje estão fora da cruz porque deram ouvidos a Satanás e ele usa pessoas próximas a nós para falar.

Muitos são os meios pelo qual satanás nos faz descer.

Conclusão:

Quando eu desço da cruz, eu saio da presença de Deus.

Não há mais santidade

Não há mais sinceridade

Não há mais amor, oração, temor, fé...

Mas quando eu permaneço na cruz, eu estou sempre na presença de Deus.

Há santidade

Há sinceridade

Há amor

Há fé, temor e estou na vontade perfeita de Deus,

Há vitória, porque foi na cruz que Jesus despojou todo principado e potestade os expondo ao desprezo triunfando deles na cruz!

Permaneça sempre na cruz e não desça jamais!

Pr Michael