Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Ultimas Atualizações
Home  (08-11-2018)
Sermões  (20-03-2018)
Cursos  (19-03-2018)
Vivendo no Sobrenatural  (08-03-2018)
Graça de Deus  (08-03-2018)
O manifestar da Igreja  (08-03-2018)
Guardando o coração  (08-03-2018)
Jesus, o Incomparável  (08-03-2018)

Rating: 2.8/5 (4390 votos)




Partilhe esta Página


 

 


 
 

 


 

 


 


Flag Counter
 


 


Lembrai-vos da mulher de Ló
Lembrai-vos da mulher de Ló

.Texto: Lucas 17:32  ( Lembrai-vos da mulher de ló)

Introdução: Jesus nos versos anteriores está dizendo que o juízo de Deus veio repentinamente na época de Noé, e também sobre a cidade de Sodoma e Gomorra.

 Isso seria um alerta para nós sobre a sua segunda vinda, em estarmos vigilantes.

Nesse contexto ele usa o exemplo da mulher de Ló.

Advertindo-nos a lembrar dela.

Lembrar é trazer a memória, recordar acontecimentos que marcaram a minha vida, minha família, inúmeras situações em que passamos.

Nesse primeiro momento eu quero trazer a nossa memória duas lembranças dentre as inúmeras que se tem na Bíblia.

 

Primeira lembrança que tenho que ter,  se diz respeito ao poder de Deus,

Poder para nos libertar, aonde  toda a nossa família pode ser alcançada por esse poder.

 

Dt 15:15a Lembre-se de que você foi escravo no Egito e que o Senhor, o seu Deus, o redimiu.

Uma vez escravos, o povo fora libertado com o braço forte do Senhor, essa seria uma lembrança que o povo teria que ter.

Isso faz com que eu me lembre de onde Deus me tirou e qual era o meu estado antes de Cristo.

 É sempre bom sabermos de onde fomos tirados, isso faz com que o orgulho, soberba e arrogância fique de lado.

Sl 40: 2.3 Tirou-me dum lago horrível, dum charco de lodo, pôs os meus pés sobre uma rocha, firmou os meus passos.
E pôs um novo cântico na minha boca, um hino ao nosso Deus; muitos o verão, e temerão, e confiarão no Senhor.
 

Cl 1:13  Pois ele nos resgatou do domínio das trevas e nos transportou para o Reino do seu Filho amado,
em quem temos a redenção, a saber, o perdão dos pecados
.

 

Pare e pense de onde Deus te tirou, veja os benefícios que Ele tem feito para com a sua vida.

Estávamos condenados a fim sem Deus.

A viver eternamente afastado do Senhor.

O Senhor com o seu grande amor com que nos amou nos deu a salvação e hoje podemos desfrutar de uma comunhão com o Pai.

Com amor eterno EU te amei; por isso, com benignidade te atraí" (Jeremias 31.3a);

 

"Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor; fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer" (Oséias 11.40;

"...E a tua bandeira sobre mim é o amor" (Cantares 2.4b);

Sl 62:11,12  Uma vez falou Deus, duas vezes ouvi isto:

Que o poder pertence a Deus!

E a ti Senhor pertence a graça.

O que você tem ouvido, seus ouvidos ouvem a voz das dificuldades, que diz, não vai dar certo, não tem mais jeito, não adianta mais orar, ou você ouve e declara que o teu Deus detém todo poder!

 

Uma segunda lembrança se diz respeito a nos voltarmos para Deus em arrependimento.

Ap2:1-5      Ao anjo da igreja em Éfeso escreva: Estas são as palavras daquele que tem as sete estrelas em sua mão direita e anda entre os sete candelabros de ouro.
Conheço as suas obras, o seu trabalho árduo e a sua perseverança. Sei que você não pode tolerar homens maus, que pôs à prova os que dizem ser apóstolos mas não são, e descobriu que eles eram impostores.
Você tem perseverado e suportado sofrimentos por causa do meu nome, e não tem desfalecido.
Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor.
* Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio. Se não se arrepender, virei a você e tirarei o seu candelabro do seu lugar
.

Lembrar com ajuda do Espirito Santo aonde foi que perdi o primeiro amor.

Muitos estão perdendo, podemos dizer que uma das maneiras de perder o primeiro amor é olharmos para trás, como fez a mulher de Ló.

Colocar os nossos olhos naquilo que Deus não se agrada, Deus não se agradava de Sodoma e Gomorra.

Qual pecado lhe aprisiona?

Nós nos lembramos do poder de Deus, de onde nos tirou, mas talvez por algum motivo você caiu e hoje está morno, onde Deus está aponto de vomitar.

Saiba que sempre existe uma oportunidade de arrependimento.

Algumas pessoas estão no esquecimento do pecado, parece que não aconteceu nada, é hora de lembrar e confessar diante de Deus para alcançar perdão.

 A lembrança da mulher de Ló traz-nos um alerta.

Nós nos lembramos dos atos de Deus, do poder que Ele tem para fazer em nossa vida, porém o ato de lembrar-se da mulher de Ló, que nem sabemos o seu nome, mas sabemos das suas ações e o que lhe causou, isso serve para um alerta em nossa caminhada cristã.

 Lembrar-se da mulher de Ló, remete as decisões que o próprio Ló tomou e que nós muitas vezes tomamos.

Ló era sobrinho de Abraão. O pai dele morreu antes da família sair de Ur dos caldeus, e Ló acompanhou Abraão nas suas jornadas depois (Gênesis 11:26-31; 12:5; 13:5). Ló, se tornou rico juntamente com Abraão.

 Os rebanhos dos dois aumentaram tanto que decidiram se separar. Abraão deixou Ló escolher a melhor terra, e este foi na direção de Sodoma, na campina do Jordão.

Ele viu terra fértil, boa para a criação dos seus rebanhos, e tomou uma boa decisão profissional.

Ao mesmo tempo, se colocou num deserto espiritual. Além de se separar de um homem bom e justo, seu tio Abraão, Ló levou a família na direção de Sodoma, uma cidade conhecida por sua imoralidade e maldade. Com tempo, ele acabou mudando para a própria cidade de Sodoma.

Não sabemos quando Ló se casou. A primeira passagem que menciona mulheres na companhia dele é Gênesis 14:16, depois de ele fixar residência em Sodoma.

Pode ser que Ló tivesse se casado com uma mulher da região, ou pode ser que já fosse casado e que ela fosse influenciada pelo ambiente das cidades da campina do Jordão.

Ló parece ser o tipo do “meio crente” convencido mas não convertido

A vida de tal pessoa costuma ser uma contenda uma inutilidade e talvez uma catástrofe.

Seu testemunho aos genros ficou nulo Gn 19:14 ( pensaram que Ló estivesse tirando sarro, rindo da cara deles, brincando)

Sodoma figura o mundo e sua sensualidade

Egito simboliza o mundo e sua comodidade

Babilônia simboliza o mundo e sua grandeza

  • A história de Ló nos ensina que ele fez uma escolha mundana. 
  • A história de Ló nos ensina que, embora o cristão mundano possa conseguir para si a salvação, pode, contudo, perder sua família.
  • Filhos e Filhas , criados num meio devasso podem ser corrompidos.
  • A mulher que olha saudosa para as vaidades do mundo, em pouco tempo não poderá mais trilhar a senda ( caminho estreito, estrada) da salvação v14
  • Ló não agiu de acordo com 2Co 6:17 ( Na dinâmica da vida cristã, qualquer ligação com incrédulos que tende a diminuir o amor ou mudar a direção da peregrinação para Deus, é um jugo desigual)

Associou-se com homens maus e grandes pecadores diante de Deus.

Ele foi atribulado pela vida dissoluta dos vizinhos, tendo eles um comportamento corrupto, devasso. 2Pe 2:7

  • Chegou a ser semelhante aos crentes de 1Co 3:15
  • A graça de Deus salvou Ló, e isso por força, contra sua vontade V16.

Tiramos lições valiosas a respeito da vida de Ló, mas e sua mulher o que pode no ensinar?

Sua mulher nos ensina que mesmo diante de uma oportunidade de salvação, podemos ainda fazer a escolha errada.

Temos ensinado a respeito da obediência a Deus e o que ela nos traz.

Por outro lado a desobediência a uma ordem de Deus, que para nós parece simples, mas para aquela mulher que estava deixando tudo para trás, sua casas, seus bens , seus genros, suas conquistas, ela fez uma escolha errada, que possamos aprender a obedecer a Deus, mesmo que venhamos a perder diante do mundo.

Resultado da sua escolha, foi a morte, virou numa estátua de sal.

Com a mulher de Ló, nós lembramos do seu marido e dos seus feitos, agora da mulher de Ló lembramos que uma simples olhada para o mundo lhe custou a vida.

Que o Senhor nos livre de viramos estatuas espirituais.

  • Uma estátua tem pés, mas não andam, não caminham.

Quantos estão inertes a respeito de sua vida espiritual, emocional, natural, não andam, passam-se anos e estão no mesmo lugar.

Presos aos mesmos pecados.

Enganados pelo pecado.

Deus nos chamou para caminhar, andar em sua Presença.

Na força de Deus eu caminharei, lembre-se de Ezequiel no no vale de ossos secos, o Senhor o fez caminhar mesmo em meio a morte, ossos sequíssimos.

Moisés diante do mar, Deus diz para ele marchar, caminhar, andar.

Somos chamados para caminhar, como os pés da corça em lugares altos!

Mesmo que os seus pés estejam cansados e mancos se você andar pelos caminhos retos, caminhos planos, você não vai mancar, vai ser curado. Será curado por andar em justiça com Cristo.

 

  • Uma estátua tem mãos, mas suas mãos não trabalham .

Pessoas estão com suas mãos presas, não há movimentação no Reino.

Através das mãos, a Benção de Deus era passada ao primogênito.

Pessoas dentro da igreja, estão como estatuas, suas mãos não abençoa, mas acusam, apontam erros de outros.

As mãos preguiçosas empobrecem o homem, porém as mãos diligentes lhe trazem riqueza.
Provérbios 10:4

Posso até ficar com minhas mãos cansadas, porém sou desafiado a levanta-las diante de Deus e serei fortalecido na força do seu poder.

 

  • Uma estátua tem ouvidos, mas não ouvem.

 

Mais uma vez digo, pessoas estão paradas como estátuas dentro da igreja.

Ensinamos e ensinamos a palavra, mas parece que seus ouvidos estão tapados.

Não colocam em pratica o que ensinamos.

Somos desafiados a ouvir a voz do Espírito Santo que muitas vezes falará como uma brisa suave. 

A fé vem pelo ouvir a Palavra de Deus.

 

  • Uma estátua tem olhos, mas não veem.

 

Será que é diferente em nosso meio?

Muitos chegam sem visão.

Muitos perderam a visão.

Muitos tiveram a visão roubada.

Muitos se deixaram perder a visão.

 

A visão do Reino de Deus é necessária estar aguçada.

Como está sua visão?

Como uma estátua?

Eliseu tinha que ver, mas uma visão espiritual.

 

  • Uma estátua não tem coração, e não tendo coração o amor esfria e se acaba.

 

Porque há tantas pessoas insensíveis na igreja?

Cada uma preocupada com seu umbigo.

Cada uma lutando pelas suas conquistas.

Será que o coração parou de bater?

Não há sangue nas veias, diante de tantas atrocidades pelo mundo afora.

 

Conclusão:

Tomemos como exemplo sim a mulher de Ló que nos fez refletir sobre a conduta do seu marido, mas nunca nos esquecemos que ela virou uma estátua de sal e que muitos que estão espelhados pelo mundo afora, muitos estão como estátuas dentro de suas igrejas, vivendo uma religião mascarada .